Compartilhe "Mindfulness o cultivo da atenção plena" com seus amigos:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mindfulness o cultivo da atenção plena

Manter a atenção tem se apresentado como um grande desafio nos dias de hoje. A atenção tem um papel fundamental na nossa vida cotidiana, pois influência no aprendizado, na memória, na organização de processos mentais e, de maneira geral, é uma função indispensável para a interação da pessoa com o que acontece ao seu redor, seu ambiente. Isso quer dizer que a forma como me organizo, memorizo, aprendo e me relaciono, necessita da atenção.

 
Mas o que é de fato atenção? É a nossa capacidade de responder aos estímulos que são importantes e ignorar aqueles que não são importantes, as distrações. Isso quer dizer que ela é uma função que necessita escolha e decisão entre o que é “importante” e o que é “distração”. Nesse sentido, conseguimos entender porque a capacidade das crianças em manter a atenção é bem reduzida, afinal de contas, elas não conseguem escolher o que é importante, já que tudo parece ser! Elas pulam de uma atividade para outra muito rapidamente, sem inclusive terminar a atividade anterior, pois aquela já não lhe interessa mais.

 
Não me surpreendo que hoje, com tantas distrações de fácil acesso (notebook, celular, tablets), estejamos vivendo uma época em que é difícil estar atento – escolher o que é importante – e manter esta atenção por longo prazo. É importante lembrar que existem pessoas com déficits atencionais que enfrentam uma dificuldade em nível mais agravado para realizar escolhas, e que transtornos de humor como ansiedade e depressão, podem também causar alterações nessa função cognitiva.

 
Sabemos que as ferramentas tecnológicas são muito importantes no nosso dia a dia para executar diversas atividades (estudos, trabalhos, lazer) e continuaremos a utilizá-las. Mas como nos relacionar melhor com essas ferramentas? Afinal, quem nunca começou um trabalho muito complexo no computador e terminou passando horas vendo feeds nas redes sociais sem concluir o trabalho?

 
A Atenção Plena (Mindfulness) é uma prática que se propõe a promover atividades para fortalecer essa capacidade cognitiva de ESCOLHA. Ampliando a nossa percepção interna (autoconhecimento), a percepção externa (do ambiente) e possibilitando uma melhor tomada de decisão a respeito de onde quero destinar a minha atenção. Atenção Plena é uma prática que exige uma postura de autocuidado, paciência consigo e persistência. Pois se distrair é normal, e irá continuar acontecendo, o que muda é como conduzimos quando percebemos que perdemos o foco.

 
A prática contínua da Atenção Plena, também conhecida como mindfulness, é comprovadamente benéfica para promover o bem-estar físico, mental e emocional. Alguns estudiosos como a psicóloga Shauna Shapiro, o médico Jon Kabat-Zinn e a psicóloga Ellen Langer, destacam em seus estudos os seguintes benefícios associados a essa prática: a redução do estresse e da ansiedade, melhora da saúde mental, aumento da capacidade de concentração e foco, redução de sintomas da depressão, melhora na regulação emocional e aumento da resiliência. Incorporar a atenção plena na rotina diária pode ter um impacto significativo na qualidade de vida e na capacidade de enfrentar os desafios cotidianos com maior resiliência e equilíbrio emocional.

 
Existem muitas intervenções baseadas em Mindfulness: você já conheceu e praticou alguma? Já desfrutou de algum benefício da prática de mindfulness?

 
Vamos aproveitar este momento para fazer uma prática de atenção plena: perceba como está o seu corpo, quais as sensações físicas presentes agora, o contato dos seus pés no chão, o contato de seu corpo na cadeira. Perceba sua respiração acontecendo, sem necessariamente modificar nada, apenas se dedicando a se perceber neste momento. Após alguns instantes, se pergunte como foi esse momento e o que essa pausa lhe trouxe de aprendizados.

 
Adapte alguns momentos do seu dia para realizar esta prática, pequenas pausas que nos chamam para a presença trazem grandes benefícios!

 

Referências

 

KABAT-ZINN, J. Full catastrophe living: A practical guide to mindfulness, meditation, and healing. Nova York: Delacorte, 1990.

NEFF, Kristin. Manual de mindfulnes e autocompaixão: um guia para construir forças internas e prosperar na arte de ser seu melhor amigo. Artmed, 2019.

SHAPIRO, S. L.; CARLSON, L. E. The art and science of mindfulness: Integrating mindfulness into psychology and the helping professions. American Psychological Association, 2009.

TATTON, T. R.; SOPEZKI, D.; BARROS, V. V. Mindfulness – Um guia para o autoconhecimento. Rio de Janeiro: Alta Books, 2021.

Compartilhe com seus amigos via:
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Laila Gonçalves.
Laila Gonçalves.

Psicóloga e instrutora de Mindfulness

Faça sua inscrição em Mindfulness

Artigos populares

Experimente Mindfulness

Precisa de ajuda